Arquivo da categoria: Crônicas

Queima das Fitas, 2016

Enquanto minha vida corre dura em meio à crise econômica brasileira, acompanhando um processo de impeachment mais difícil de se concluir do que achar cabeça de bacalhau, à luta pelo mercado de trabalho, pelo crescimento intelectual e por mil e … Continuar lendo

Publicado em Crônicas, Portugal | 2 Comentários

¡Adiós, Cervantes!

Quando estamos à distância de pessoas ou lugares queridos, acabamos por perder vínculos desejados e somos tomados por surpresas, ora boas, ora más. Pesquisando nas livrarias que eu frequentava em Salamanca há uma década por um livro de Francisco Suárez, … Continuar lendo

Publicado em Avisos, Crônicas, Cultura, Livros | Marcado com , , , | Deixe um comentário

No Recife

Estive no Recife no final do mês passado. Viajei para a capital pernambucana na sexta-feira, dia 29 e, como ia para lá apenas para fazer uma prova de concurso público, retornei já no domingo, dia 31. Uma pena, pois tenho … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | Marcado com | Deixe um comentário

Dias de Chuva

Os últimos dias tem sido bastante chuvosos aqui em Fortaleza. Tem se iniciado no escuro de um céu nublado, cinzento que a certo custo deixa os raios de sol iluminarem a capital cearense, que acorde debaixo de águas mil que … Continuar lendo

Publicado em Crônicas | Marcado com | Deixe um comentário

Despedidas

Ontem uma amiga minha viajou para São Paulo, para lá morar de vez. Foi com o filho que completou seu primeiro aniversário no dia anterior e com o marido paulistano. Ela é minha amiga do início dos meus tempos universitários … Continuar lendo

Publicado em Crônicas, Recordações | Marcado com , | 1 Comentário

Ainda do plano de leituras

Recebi algumas perguntas sobre meu post a respeito do plano de leituras para o corrente ano. Confesso que, se a lista não tivesse terminado tão extensa (e, repito, quando estava a ser elaborada ela chegou a ser bem maior e … Continuar lendo

Publicado em Crônicas, Cultura, Livros | Marcado com , , | Deixe um comentário

A viagem derradeira

De tempos em tempos ocorrem em nossa vida abalos que nos estremecem e podem nos fazer desesperar deste mundo, desprezar o valor de aqui estar, mas também o de repensar sobre o valor da existência, sobre o quão nobre ela … Continuar lendo

Publicado em Avisos, Crônicas, Obituários, Portugal, Recordações | Marcado com , | 1 Comentário