Fim de semana com o Miguel

Na semana passada o Miguel dormiu cá em casa. Ele veio na quinta a tarde e voltou para a casa dele no domingo, por volta das 13 horas. Foram três dias bem atípicos.

Como não poderia deixar de ser, ele virou o centro das atenções, o mais importante membro da casa. Vimos TV, brincamos ( ele gosta especialmente de brincar com bola, mas ainda não entende bem de chutá-la: prefere segurá-la com as mãos e jogá-la para os outros), preparamos comida para ele (quem disse que isso nãoé divertido?) e passeamos um bocado. Ele também foi, é claro, ao jantar de aniversário da minha irmã, no sábado. Mas maior ainda foi mesmo tê-lo conosco, observar seus gostos, suas vontades, seus hábitos e seu desenvolvimento. Meu filho está cada vez mais lindo e crescido! E isso é uma felicidade enorme para um pai.

Ele veio com uma bagagem bastante volumosa, mas acho que não precisamos nem de metade dela. Tudo foi simples e muito bom.

Ao final bateu-me uma saudade, já que o prazer de tê-lo por perto foi muito maior do que o trabalho que deu (sim, não nego: ele demanda muita atenção). Mas o vazio que senti não foi tão grande, já que posso visitá-lo todos os dias, uma vez que ele não mora tão longe de mim assim, além de ter me dado mais vontade de fazer cada vez mais e melhor por ele.

Anúncios

Sobre Fábio V. Barreto

Católico, aprendiz de escritor, ávido por conhecimento, e outras coisas mais.
Esse post foi publicado em Cotidiano, Crônicas e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s